Indígenas & Animais
Experiência Indígena

A tribo Sambia, da Nova Guiné, é um exemplo de que a orientação sexual não é necessariamente condicionada por experiências na infância e adolescência. Os indígenas têm um ritual de iniciação homossexual para a heterossexualidade.  As crianças de sete anos em diante devem chupar o pênis e beber o esperma dos adultos solteiros da tribo até a puberdade, quando passam a produzir seu próprio ?leite de homem? e chegam à condição de feláveis.  Depois  de casados,  passam  a ser  exclusivamente  heterossexuais e   nunca mais devem felar ou ser felados.  



Culturas Primitivas

Índios do Sudoeste dos EUA estudados no início do século apresentaram comportamentos bastante permissivos quanto à aceitação de relações homossexuais em em suas tribos, em especial a tribo Mohave, com relacionamentos homossexuais femininos. Estimativas apontam que 64% de um universo de 76 sociedades primitivas admitem a homossexualidade de um ponto de vista moral (Becker: 1969). Obviamente que com características intrínsecas a cada caso, podem ser relacionados casos de homofilia nas mais distintas regiões do globo terrestre, como por exemplo: em tribos latino-americanas como a dos índios Nambukwara no Brasil, na qual normalmente pais e maridos podem passar noites com outros homens sem mesmo precisar se retirar à floresta em busca de privacidade, como de costume em relações heterossexuais.

Na África a tribo Ubagi, estabelecida no território do Congo, determina que os homens vejam as mulheres como destinadas à procriação, enquanto rapazes, ao prazer; na Austrália, algumas tribos primitivas possuem ritos e tabus especiais de casamento entre homens e jovens rapazes; o povo Chouktchi do nordeste siberiano escolhe seus líderes mágicos e religiosos quase exclusivamente entre homossexuais; a tribo Pueblo Indians no Novo México, EUA, tem líderes religiosos que devem ser efeminados.

Percebe-se que o fenômeno homossexual faz-se presente nas mais diversas sociedades primitivas, sendo em muitas, além de aceito como disposição da lei natural, fator de distinção, por status privilegiado dentre os demais integrantes do círculo social.   



Primatas

O homossexualismo  sequer é um privilégio do Homo sapiens. "O relacionamento sexual entre primatas do mesmo gênero é, com freqüência, uma solução positiva para a rivalidade entre machos jovens e maduros",  afirma o  escritor  britânico Colin Spencer,  autor do livro  "Homossexualidade: Uma História".  A  palavra  fundamental  na  frase de Spencer é "gênero".  Para ele, a distinção  entre sexos  é uma "construção cultural", uma invenção da sociedade para justificar, avalizar ou reprovar determinada prática sexual.

O homossexualismo entre animais está muito relacionado à organização social do grupo. Entre os machos é uma forma de afirmação da hierarquia. Mas os primatas machos, por exemplo,  apenas simulam  o  ato sexual,  não  há  penetração de  fato. E as fêmeas, quando se relacionam  entre si, é uma forma de exibição sexual com a finalidade  de  atrair a  atenção do  macho.

Entre as gaivotas, quando não há machos suficientes, elas se unem em pares de fêmeas. Uma  delas  assume  a função  de chefe da  casa, montando sobre a outra, defendendo o ninho e alimentando a companheira, exatamente como o macho faz. Esses "casais" põem ovos e às vezes os chocam. Os filhotes nascem não porque os ovos tenham sido fecundados pelas duas fêmeas, mas devido a ocasionais escapadelas da "esposa" com alguma gaivota macho que, embora bem casada, se sente tentada a aventuras.
1. Deus Realmente Existe?
2. Por que Acreditar na Bíblia?
3. Mere-cemos?
4. A Bíblia Condena?
5. A Lei Mosaica
6. Os Escritos do Apóstolo Paulo
7. Menções Positivas
8. As Palavras de Jesus
9. Textos de Conotação Homos.
10.Textos Bíblicos para Reflexão
11. Fatos Polêmicos
12. Uma Análise sobre a Homos.
13. Militares e Medicina
14. A Posição das Religiões
15. A Homos. no Mundo
16. A Homos. no Brasil
17. Indígenas & Animais
18. Persona-gens Gays
19. Gays no   Cinema
20. Celebrida-des do Mundo Gay
21. Depoi-mento de um Ativista Gay
22. Trechos de "Bom-Crioulo"
23. Mensagem aos Inte-ressados
Voltar à Página Principal